As 9 fotos que vão te mostrar o quanto o pôr do sol em Bauru é lindo

Você percebe o espetáculo diário que o céu de Bauru proporciona?

Colagem com três fotos do pôr do sol diferentes
(Foto: Isabela Romitelli/Tatiana Olivetto/Acervo Pessoal)
Bauru é a "cidade-sanduíche", ou a "Cidade sem Limites" e também famosa por muitos aspectos. Um deles é o espetáculo diário do seu pôr do sol “colorido”. Quem mora na cidade ou tem amigos bauruenses provavelmente já viu (ou até fez) um desses registros no Instagram.

Confira nove fotos feitas pelas lentes de admiradoras do entardecer bauruense e seus depoimentos sobre a intensa conexão com a natureza que observar um ato tão natural do planeta traz.

Marina Moia

(Foto: Marina Moia/Acervo pessoal)
“Costumo tirar fotos do pôr do sol da janela do meu quarto e, mesmo sendo sempre do mesmo local, elas sempre saem diferentes. Sejam as cores, seja a iluminação, cada dia é um tom diferente para se capturar. E eu acho que é um jeito de se conectar com a natureza porque é como se ela estivesse dando ‘tchau’ para você depois de um longo dia.”

(Foto: Marina Moia/Acervo Pessoal)
“Acho lindo poder abrir minha janela e ver tantas cores maravilhosas ali, como se fosse uma tela.”

Giovanna Falchetto

(Foto: Giovanna Falchetto/Acervo Pessoal)
“Gosto muito de observar o pôr e o nascer do sol porque venho de cidade grande e não era de parar pra observar muito o céu. Acho importante admirarmos algo tão puro e simples.”

Camila Pasin

(Foto: Camila Pasin/Acervo Pessoal)
“Uma das coisas que mais me encanta em Bauru é seu pôr do sol. É algo inexplicável, mas existe uma magia diferente nele. Por isso, nos anos em que morei na cidade, desenvolvi o hábito de registrar essas belas paisagens naturais que diariamente eram emolduradas pela minha janela. Eram momentos de paz muito grandes, que faziam eu me sentir mais próxima da natureza todos os dias, observando o movimento – sempre igual – dos pássaros, os diferentes desenhos das nuvens, as cores, mudanças, o sol, e, por fim, as luzes da cidade acendendo.”

Isabela Romitelli

(Foto: Isabela Romitelli/Acervo Pessoal)
“O pôr do sol pra mim sempre foi um fenômeno meio mágico. Às vezes, mesmo após um dia ruim, chegar em casa e ver o céu se tingindo em vários tons de laranja e rosa fazia tudo ficar melhor.”

Tatiana Olivetto


“Captar a natureza e o mundo à nossa volta através da fotografia faz com que detalhes, muitas vezes despercebidos e que passam batido todos os dias, sejam ressaltados e valorizados através de um olhar direcionado e observador.”

(Foto: Tatiana Olivetto/Acervo Pessoal)
(Foto: Tatiana Olivetto/Acervo Pessoal)
“A natureza, rica em detalhes e beleza, nos faz lembrar o quanto somos pequenos diante da imensidão à nossa volta e a fotografia eterniza esses momentos de forma sutil e inspiradora.”

Bheatriz D'Oliveira 

(Foto: Bheatriz D'Oliveira/Acervo Pessoal)
“Chegar em casa depois de um dia cansativo de trabalhos e estudos e ter um pôr do sol como esse te esperando na janela é maravilhoso! Na cidade, é difícil termos contato com a natureza, mas quando olhamos pro céu e presenciamos esse momento, temos a certeza que a natureza ainda está presente ali!” 

Nem sempre as cores são sinais de "beleza"

Ainda que sejam de se admirar, é bom saber que, se o crepúsculo for mais avermelhado, é sinal de que o ar está mais poluído. Já se o pôr do sol estiver mais amarelado ou alaranjado, significa que o ar está mais limpo e que não há tanta poeira na atmosfera. Se não houver alteração na coloração, melhor ainda. Sinal de que o ar está bem limpo, sem riscos de causar danos à saúde.

Leia também:
+ Por que não passa ônibus na Getúlio? 
+ Mata Atlântica e Cerrado coexistem em Bauru


Comente com o Facebook: