Resenha - Terra: Por que chegamos até aqui?


A história de distanciamento entre o homem e o meio ambiente

resenha terra

A capa do filme traz as mãos de uma espécie de macaco que encontra uma plantação de chá no lugar de seu habitat natural (Foto: Divulgação)

A relação do ser humano com o meio ambiente é cada vez mais distante. Os humanos dominaram ao longo dos anos o espaço e a vida dos animais, aproveitando tudo ao seu favor.  Uma das mensagens que o documentário francês Terra quer passar é bem clara: os animais são refugiados.
Com o auxílio de bons aparelhos tecnológicos, Yann Arthus-Bertrand capta momentos únicos da vida animal e vegetal, sem interferir na paisagem ou na relação entre eles e o resultado é incrível.
O documentário está disponível na plataforma Netflix e foi lançado no ano de 2015. Yann Bertrand é jornalista, fotógrafo e ambientalista. Ele dirigiu outros importantes documentários como o Human (2015), Home (2009) e Planeta Água (2012).
Nos trabalhos, ele busca fotografar de cima algumas das mais belas paisagens e insere em seus documentários, contribuindo para uma visão mais ampla do que acontece nas diferentes regiões ao redor do mundo.

Homem x Meio Ambiente

A narração realizada no filme personifica todos os seres humanos em apenas uma voz, a voz que conversa com a natureza e que diz sobre nossas ações com o meio em que vivemos. As imagens são contemplativas e mostram o dia a dia de muitos animais e seres humanos.

A proposta de Terra é mostrar a ligação que perdemos. As antigas religiões xamanistas entendiam que tudo na natureza possuía uma energia, que podia ser boa ou ruim. Para caçar e colher, as pessoas faziam orações e cerimônias que autorizassem a morte de algum animal para que todos se alimentassem.
Hoje em dia, a carne é meramente reduzida a produto. Nem mesmo quem trabalha em indústrias da carne entende o tamanho da crueldade que é pois o operário faz apenas um corte e não tem noção do todo que é feito com o animal. Não há respeito pela vida, é uma vida que existe somente para alimentar os humanos.

O real valor de um padrão de vida


Você já parou para pensar sobre quanto custa o seu consumo sobre algum produto? Não é somente o valor que se paga em uma loja ou mercado, é o valor que envolve o impacto na vida de quem está em toda a cadeia produtiva dele.
Esse aspecto também é ressaltado em Terra, com imagens incríveis de trabalhadores em Bangladesh. Eles são responsáveis por produzirem grande parte dos produtos que consumimos e também por desfazerem lixos extraordinários, como os navios cargueiros que estão em desuso.
Ninguém pensa sobre o destino de alguns produtos que não são mais úteis, mas, de alguma forma, eles impactam a vida de outras pessoas, que às vezes colocam suas vidas em risco, a troco de baixos salários para sobreviverem.
De forma geral, o filme busca religar o ser humano com o meio ambiente. A proposta é abrir os olhos dos espectadores para o despertar de uma consciência, capaz de refletir sobre o consumo diário e pensar sobre propostas na sociedade que podem ajudar a solucionar as dezenas de problemas ambientais que existem atualmente.
Edição: Giovanna Romagnoli

0 comentários:

Postar um comentário