Como ser sustentável nas festas de fim de ano e nas férias

O Impacto Ambiental selecionou dicas para comemorações mais conscientes e sem desperdícios 
As festas de fim de ano podem ser feitas de forma mais consciente para que 2020 seja um ano mais sustentável. (Foto: Pexels)


2019 está chegando ao final e, com isso, vem as tão esperadas festas de Réveillon. As festas de fim de ano são conhecidas por representarem momentos de reunião, troca de presentes e refeições que agradam a todos os gostos.
 Apesar de acolhedora para grande parte das pessoas, toda essa comemoração acaba, muitas vezes, resultando em desperdício. Este pode ocorrer no descarte dos embrulhos de presente, utensílios de plástico e sobras de alimentos.
A fim de vivenciar esse período de festas de uma maneira mais sustentável e econômica, o jornal Impacto Ambiental separou algumas dicas que tornarão o seu fim de ano mais consciente com o meio ambiente. Entre elas estão:

- Prefira o uso de louça convencional;
- Caso não dê para evitar o uso de descartáveis, que eles sejam feitos de material biodegradável ou papel para reduzir o dano ao ambiente;
- Compre alimentos a granel, de forma a diminuir o uso de embalagens;
- Separe os itens secos dos resíduos orgânicos, a fim de facilitar na separação da coleta comum (restos de comida), da coleta seletivo (descartáveis, embrulhos plásticos, vidros…);
- Busque novas formas de embrulhar os presentes, optando por sacolas e caixas reutilizáveis;
- Outra dica importante é estimular as caronas ou o uso do transporte coletivo na ida das festas, para diminuir a liberação de gases poluentes, como o gás carbônico (CO²);
- Na hora de escolher os presentes dê preferência a marcas que se importam com o meio ambiente ou são produtos duradouros;
- Muitos animais de estimação sentem medo dos fogos de artifício durante o ano novo, portanto deixe que fiquem o mais confortável possível nessa situação, se escondendo, por exemplo;
- Coloque os cães e gatos em áreas seguras, como um quarto ou uma sala com portas e janelas fechadas, cortinas também ajudam. Isso contribui a diminuir o barulho e o brilho da luz.

Os fogos de artifício prejudicam os animais de estimação, pois os cães e gatos, por exemplo, possuem audição mais aguçada que a dos humanos, portanto são bem mais sensíveis ao barulho. (Foto: Pexels)

Existem outras medidas que podem ser tomadas durante as confraternizações, como a utilização de composteira para o descarte de cascas e restos de alimentos, e de embalagens de presentes feitas em casa, ou até mesmo as reutilizáveis.
Por isso, vale a pena estabelecer um esquema no qual cada convidado lave sua própria louça. Outra ideia seria organizar um revezamento para lavar as panelas e assadeiras. Assim, o anfitrião não se sobrecarrega e os amigos e familiares podem compartilhar melhor da comemoração.
Além dessas dicas, há a possibilidade de optar por refeições completamente vegetarianas, veganas ou com menos carne, visando reduzir o consumo de alimentos animais, que é ainda maior no final de ano. Você pode encontrar receitas econômicas e criativas clicando aqui e aqui
Além das festas de fim de ano, todas essas sugestões também podem ser utilizadas durante as férias. Confira também 9 dicas ecológicas para aproveitar a praia.  
O jornal Impacto Ambiental deseja um ótimo 2020 para todos e que o compromisso com o meio ambiente continue.

Escrito por: Nayara Delle Dono e Anna Araia
Edição: Rafaela Thimoteo






0 comentários:

Postar um comentário