Natal Espetacular: Projeto Socioambiental cria decorações natalinas na cidade de Bauru.

A inauguração dos ornamentos sustentáveis contou com a participação de atores da Escola Hollywood, animação do palhaço Faísca e da Banda Sinfônica Municipal

A criatividade dos 70 colaboradores, permite que diversos enfeites sejam elaborados de forma sustentável. Foto:Ana Beatriz Nóbrega
Por: Ana Beatriz Nóbrega e Maria Eduarda Vieira

Foi inaugurado no último dia 5 de dezembro a iluminação e os enfeites do Natal Espetacular. O projeto é realizado pelo Fundo Social de Solidariedade de Bauru desde 2018 e esse ano irá abranger mais pontos de decoração, em relação ao ano passado. Serão cinco locais: as praças Rui Barbosa, Machado de Melo, Vitória Régia e a Praça Central do distrito Tibiriçá.

A inauguração da iluminação na Praça das Cerejeiras, onde fica a prefeitura, contou com a presença da Orquestra Sinfônica Municipal e uma apresentação do Coral de Libras Mãos que Cantam. Já no Parque Vitória Régia a instauração da iluminação foi adiada para o dia 9 de dezembro devido a chuva durante o dia, que impossibilitou que houvessem apresentações culturais. A inauguração do dia 9 contou com a presença de atores da Escola Hollywood, animação do palhaço Faísca e da Banda Sinfônica Municipal.

O Natal Espetacular é um projeto que ocorre devido à grande adesão da população, que doa garrafas PETs para confecção de decorações natalinas usadas para enfeitar as praças. Ao todo foram usadas 70 mil garrafas pets, sendo uma grande parte delas de material usado nas ações do ano passado. O grupo de voluntários do projeto trabalhou em conjunto desde março deste ano para que tudo ficasse pronto para dezembro.

Uma das decorações feitas por voluntários que foi utilizada pelo projeto. Foto: Ana Beatriz Nóbrega

As ações começaram em 2018, quando o Fundo Social de Solidariedade de Bauru aderiu ao projeto Natal Espetacular com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, em uma oportunidade que os municípios interessados puderam participar.

Durante o primeiro ano, o projeto recebeu um recurso com o objetivo de trabalhar o lado ambiental, utilizando garrafas PETs na montagem dos enfeites, e o lado social onde foram escolhidas cinco pessoas provenientes dos Centro de Referência de Assistência Social - CRAS, para receberem uma bolsa por seis meses para ajudarem no projeto.

Devido a uma grande adesão da população, tanto na doação de material como nas visitas aos pontos de iluminação, e ao cunho ambiental, mesmo sem recurso do governo Estadual, foi realizada uma reunião das as secretarias e empresas mistas como COHAB e a EMDURB, para que fosse possível dar continuidade ao projeto.

A presidente do Fundo de Solidariedade, Lázara Gazzetta, nos contou que o que influenciou a manutenção do Natal Espetacular foi o apelo ambiental e social. A produção foi realizada com ajuda da iniciativa privada, doações de materiais recicláveis e com reeducandos. Lázara pontua que as empresas e pessoas podem continuar doando garrafas PET, pois o projeto possui a pretensão de continuar nos anos seguintes para a população Bauruense.

As decorações estão expostas nas praças bauruenses para todos que possuírem o interesse de visitar os locais, que são abertos para toda a população.  O reaproveitamento do plástico possibilita que o meio ambiente se torne mais sustentável, e também permite que os moradores possam prestigiar uma bela decoração nos espaços públicos da cidade!

Em frente ao Museu da Imagem e do Som de Bauru, a finalização da decoração enche os olhos de quem caminha ao redor. Foto: Ana Beatriz Nóbrega
Em 2017, cientistas americanos publicaram na revista americana Science Advances que mundo produziu 8,3 bi de toneladas em 65 anos e reciclou só 9%. O Brasil, é o quarto país que mais gera lixo plástico no mundo, segundo dados do Banco Mundial. É neste contexto que projetos como o Natal Espetacular, entram de forma fundamental: reutilizando materiais que poderiam ser descartados de maneira imprópria e prejudicando não apenas o planeta, mas também os seres humanos. E com a colaboração da população, o Natal Espetacular pode continuar a perpetuar a conscientização e a sustentabilidade do meio ambiente.

Relacionados:




Edição: Letícia Alves


0 comentários:

Postar um comentário