Impacto nas eleições 2020 - Clodoaldo Gazzetta e Vagner Crusco

Conheça as propostas dos candidatos a prefeito de Bauru

Gazzetta já atuou na área de educação e Vagner atua como eletricista na cidade. Arte: Bruno Mael

Por Isabele Scavassa


As eleições municipais acontecem em menos de um mês. No dia 15 de novembro, os brasileiros vão às urnas para escolher representantes nos cargos do Executivo e Legislativo de suas cidades. Em Bauru, 14 candidatos concorrem à prefeitura.

O voto é uma das formas de exercer a cidadania. Apesar de ser um direito, essa ação demanda uma pesquisa prévia, algo que esclareça os planos do candidato para a cidade ao longo dos quatro anos de mandato. Para além de pautas como educação, saúde e segurança pública, surge a necessidade de explorar outros aspectos contemplados pelas propostas, como o meio ambiente.

Diante disso, o Impacto Ambiental realiza uma série de reportagens sobre os candidatos à Prefeitura de Bauru, ressaltando as propostas ambientais descritas nos planos de governo.

Os candidatos analisados de hoje são Clodoaldo Gazzetta e Vagner Crusco.

Clodoaldo Gazzetta - PSDB

Clodoaldo Armando Gazzetta é o candidato escolhido pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) para concorrer às eleições municipais de 2020. Na corrida pelo segundo mandato, Gazzetta pleiteia o cargo de prefeito junto da coligação "Bauru Pronta para Avançar", grupo composto pelos seguintes partidos: PSDB, Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Partido Liberal (PL) e Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

Gazzetta é natural de Campinas, São Paulo, mas se mudou para Bauru aos sete anos. O candidato de 52 anos é graduado em biologia e já exerceu a profissão na área da educação, quando deu aulas de ciências, química e física na rede pública de Bauru. Além disso, Gazzetta compôs organizações importantes no quesito ambiental, como Instituto Socioambiental, Fundação SOS Mata Atlântica e Instituto Ambiental Vidágua.

Em sua carreira política, passou pelo Partido Verde (PV) entre os anos de 1991 e 2016 e. Logo depois, filiou-se ao Partido Social Democrático (PSD), onde ficou até 2019. O ingresso ao PSDB aconteceu recentemente e, até o momento, é o partido do candidato e então prefeito de Bauru.

Plano de governo

O plano de governo de Clodoaldo compreende a área ambiental. Entre as 39 páginas do documento, a parte nomeada “Cidade Sustentável” aparece na 36ª, com quatro subprojetos detalhados a seguir.

Clodoaldo Gazzetta concorre ao segundo mandato nas eleições de 2020. Foto: Reprodução Facebook

  • Cidade sustentabilidade
Neste tópico, nota-se a sugestão de aumentar o índice de área verde por habitantes, o que na prática se materializa em recuperação de áreas de preservação e plantio de mudas em áreas verdes e também em calçadas. A arborização e valorização de aspectos naturais em parques, praças e bosques também é um ponto destacado nessa parte do documento.

Por fim, no aspecto sustentável, entram propostas que visam implantar hortas urbanas em terrenos desocupados, além do reaproveitamento de resíduos para pavimentação de estradas e vias públicas.

  • Cidade de mobilidade
Dentro da questão da mobilidade, a arborização de calçadas também aparece. Gazzetta ainda propõe o fomento de transportes alternativos aos carros, o qual é indicado com a recuperação e implantação de ciclovias, melhora na qualidade do transporte coletivo e possibilidade de aquisição de transporte público não poluente. 

  • Cidade ambientalmente correta
A recuperação ambiental do Rio Batalha e outros mananciais é a primeira sugestão nesse subprojeto. Aqui, assuntos como a ampliação da coleta seletiva, bem como investimento e modernização de equipamentos e processos são colocados como uma meta a ser desenvolvida em conjunto com cooperativas que já desenvolvem essa função.

Ainda no sentido estritamente ambiental, as propostas incluem o fortalecimento de ampliação e adesão de políticas de educação ambiental de forma abrangente, incluindo espaços como universidades, escolas e movimentos sociais.

Ao final, o subprojeto evidencia a intenção da criação de projetos em parceria com Organizações não Governamentais (ONGs) e instituições governamentais em prol da proteção da biodiversidade nas áreas de Cerrado e Mata Atlântica presentes no perímetro bauruense. As últimas linhas buscam propor a organização para o estímulo ao uso da energia solar e uso de água de chuva.

  • Cidade que respeita todas as formas de vida
Este subprojeto busca pensar em formas de contemplar animais domésticos por meio da criação de um hospital veterinário e uma farmácia pet, bem como estimular parceria com ONGs de proteção animal e ampliar a castração gratuita. 

Vagner Crusco (PCO)

O candidato do Partido da Causa Operária (PCO) é Vagner Aparecido Crusco. Sem coligações, o PCO disputa as eleições sem a junção com outros partidos. Crusco é natural de Bauru, onde se formou no ensino médio e exerce a função autônoma de eletricista.

Em 2018, o bauruense se candidatou para o cargo de deputado federal, mas sua solicitação foi indeferida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). E, embora não possua um vasto repertório na política, aos 58 anos, Vagner acumula uma trajetória ampla na militância.

Em entrevista ao Impacto Ambiental, o candidato se apresenta e comenta sobre os ideais do partido. Ele explica que o PCO segue uma orientação ideológica baseada no socialismo marxista com orientação nas ideias de Lênin e Trótski, pensadores socialistas e figuras importantes da União Soviética.

Vagner Crusco, eletricista de 58 anos, é o candidato do Partido da Causa Operária. Foto: Reprodução Malavolta Jr.

  • Ativismo ambiental
Em relação às suas experiências pessoais, Vagner fala sobre o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), o qual integra desde 2003. Para além disso, ele explica sua vivência na militância em causas defendidas por grupos como o Movimento da Economia Baseada em Recursos (EBR), o Sistema Orgânico do Trabalho e o Movimento Zeitgeist.

Alguns desses nomes defendem, entre outras coisas, pautas como a reforma agrária, produção de alimentos ecológicos, sustentabilidade e preservação do meio ambiente. 
 
  • Plano de governo
Quanto ao plano de governo, o candidato explica que, por não ser um partido reformista e ter como projeto a implementação de ideais socialistas para então chegar ao comunismo, as promessas eleitorais tradicionais não contemplam a proposta real do PCO. Por outro lado, em entrevista à Jovem Pan, Vagner Crusco disse que as propostas serão divulgadas a partir do dia 27 de outubro.

Confira também a parte 1 das matérias sobre as eleições municipais clicando aqui.

Fiquem atentos à cobertura das eleições municipais de Bauru!


Edição: Nayara Delle Dono
Revisão: Anna Araia, Leonardo Scramin e Nayara Delle Dono

0 comentários:

Postar um comentário